sábado, 30 de março de 2013

Folar de Páscoa

Muitos não sabem a lenda do Folar de Páscoa, antigamente designado de folore.
Aconselho a ler esta história que acaba com o Folar como reconciliador de amizades numa disputa de dois homens pela mesma mulher - Mariana.
Tradicionalmente os padrinhos oferecem aos afilhados este bolo no Domingo de Páscoa e em retorno, é dado à Madrinha uma ramo de flores e ao Padrinho, amêndoas.
Esta troca de oferendas dura até à maioridade da criança ou até ao casamento, após o qual os Padrinhos oferecem um último folar, na Páscoa seguinte.
A receita que tenho de folar é a de Vale de Ílhavo e reza a lenda que é assim:

500 g de farinha
190 g de açúcar
3 ovos (mais os que quiserem cozer para decorar - eu uso 2)
50 g de manteiga
20 g de fermento
1/2 chávena de água quente
2 colheres de chá de canela
1 pitada de sal

(raspa de 1 limão - opcional)

Retire 125g de farinha e misture com o fermento e a água. Amasse até despegar das mãos e forme uma bola. Deixe levedar em local húmido e quente por cerca de 2 horas. Eu costumo, nestes casos, colocar um pano molhado em água quente, bem escorrido, por cima. Ajuda a manter a humidade e a levedar melhor.
Quando estiver a "bola" pronta, continue a receita.
Junte a restante farinha, o açúcar, os ovos e a canela e misture bem. Adicione a manteiga, o sal e a "bola". Amasse bem e repita o processo de colocar a massa a levedar por mais 2h.

Para decorar com os ovos (previamente cozidos), deixo um pouco ao critério de cada um, apesar de aconselhar que não se esqueçam de enterrar um pouco os ovos na massa antes de levar ao forno, por cerca de 30 min a cerca de 180ºC (convém sempre ir verificando!)
Basta achatar um pouco a bola de massa e enterrar os ovos. Pode retirar um pouco de massa e fazer uns cordéis de "protecção" dos ovos, que são em simultâneo decorativos.

Feliz Páscoa!



6 comentários:

  1. Cristina,

    Levo num tabuleiro. A bola que fica no fim, achatas um bocadinho, pões os ovos e os cordéis (se quiseres) e pões num tabuleiro de forno. Atenção que o tabuleiro não pode ser à justa, para o bolo poder crescer. :)

    ResponderEliminar
  2. Também eu! :)
    Depois tira uma foto
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Respostas
    1. então manda aí a receita menos foleira António!!!

      Eliminar